19 janeiro, 2006

Uma AVENTURA de JORNALISTAS no Norte Alentejano

Em resposta ao nosso email de divulgação do Passeio de Jornalistas ao Parque Natural de São Mamede, chegam-nos as palavras da Teresa Bonito:

Caro amigo,
Permita que o trate assim, apesar de não nos conhecermos. Conheço-o naturalmente pela sua vida profissional, apenas.

Manuel d'Assumpção
(colecção do Museu Municipal de Portalegre)

Fui ao blog com mais tempo e agora com mais informação sobre o vosso passeio de jornalistas. Fiquei com pena de não fazer parte desse grupo profissional, pois que sou uma apaixonada pelo nosso país, pelas nossas gentes e, sobretudo, pelas coisas simples das quais ainda podemos desfrutar, embora cada vez mais raras.
Gosto de calcorrear as veredas e caminhos transformados em carreiros, longe dos grandes centros urbanos e das autoestradas. Apreciar a boa mesa, as iguarias, o vinho e o convívio das pessoas simples. (Nutrimos o mesmo gosto pelo malte a acompanhar uma boa e amena conversa...) (risos).

Museu da Tapecaria de Portalegre

Desejo que o passeio seja um êxito, aliás sei que vai ser, porque por uma das zonas mais lindas do nosso país! Já agora, se me permite sugiro uma paragem em Portalegre e uma visita ao seu Museu, com um olhar especial pela grande colecção de imagens de Santo António, colecção particular doada a este museu e que é sempre bom apreciar.

Marvão - Cidade Romana de Ammaia

No Marvão, não esquecer da arte própria da região, o bordado em casca de castanha. pena que não seja altura da castanha, para poderem apreciar também as iguarias feitas com esse generoso fruto. E ainda uma visita à cidade de Ammaia, uma cidade romana, valendo a pena um olhar profissional sobre como se trata o nosso património por cá, pois a estrada de alcatrão foi construída em cima da estrada romana, e lá está para nosso descontentamento.
Bem fico por aqui, se não aborreço... peço perdão pela ousadia, mas... gosto tanto, tanto de lá! Um abraço
Teresa Bonito

Palavras que tinham de merecer resposta:

Minha amiga,
Permita que a trate assim apesar de não nos conhecermos.
Agradeço as suas palavras que para mim constituem incentivo necessário quando tantos obstáculos se levantam a quem apenas quer compartilhar os prazeres da descoberta destas nossas terras...
Tentaremos não esquecer o Museu, tentaremos não esquecer José Régio, tentaremos passar pela cidade romana de Amnaia, tentaremos ter tempo (e oportunidade) para contemplar as vistas das encostas da Serra São Mamede.
Com mais calma e vagar... eu provocaria até os jornalistas a tentarem descobrir se o melhor vinho de Castelo de Vide é o do ourives, do barbeiro ou da farmácia. Assim, como temos restrições horárias, iremos aproveitar o que pudermos....
Marvão vai ser a nossa base... e espero ter tempo para lhes mostrar a estação da Beirã.
Já percebi que não vou ter hipótese para passar Galegos e comprar os Cubanos ao lado de lá. Fica para outra vez.
Nem sabe como lhe agradeço as suas palavras.
Até os cãezinhos gostam que lhes passem a mão pelo pêlo. Obrigado.
Apareça m,ais vezes pelo Blog.
Rui Dias José

PS. Fica proibida de pedir desculpa pelas coisas que gosta e quer!

1 comentário:

Topazio disse...

Se a surpresa matasse.....eu já não poderia estar a escrever isto....
Obrigada pela resposta, mas sobretudo pela honra de ver aqui reproduzidas, as minhas simples palavras.
Meu caro Rui é com o maior prazer que dou o meu modesto contributo. Além disso eu é que agradeço a oportunidade de vir aqui visitar o vosso blog que está a tornar-se um espaço onde sabe bem ficar um bocadinho mais...
Um abraço
Teresa