20 fevereiro, 2006

Ala p'rás Terras de Miranda! (3)

24, 25 e 26 de Março

O exercício da língua e da cultura como afirmação de identidade.

A busca do desenvolvimento sustentável como forma de fixação das populações contrariando a desertificação e o abandono.

A aposta nos produtos da terra, recuperando técnicas e saberes ancestrais.

O Turismo
como uma das fontes de rendimento, assente na diversidade cultural, na riqueza patrimonial e na preservação ambiental.

As novas tecnologias como factor integrador
e de combate ao isolamento (quando as verbas não faltam).

E a cooperação transfronteiriça como instrumento de progresso.

A capa de honras inspira padrões de elegância e beleza que o artesanato reinventa e a alta costura inveja e copia.
Da música tradicional partiram grupos que agora fazem ouvir o rock em mirandês.

Mas o caminho mais perto para Lisboa é feito por Espanha até Vilar Formoso...

Março vai ser surtida a Miranda do Douro!

12 comentários:

topazio2004 disse...

Neste nosso pedacinho de terra, tanta coisa possível de fazer para uma vivência mais rica e feliz...houvesse união de vontades e olhar com olhos de ver.
Boa viagem e fico a aguardar notícias desse passeio
abraços
teresa

Anónimo disse...

que beleza esta forma de estar - pelo elogio do Bom !
Um abraço
Maria Viana

Maria disse...

É uma pena ( uma vergonha ) que nos tenham proibido de o ouvir na Antena 1.
Maria

Oceanus disse...

Maria Viana do Jazz???
Boa!!!

Mário Correia disse...

Parabens pela iniciativa.
Como passam por Sendim aqui fica o convite para visitarem o Centro de Música Tradicional "Sons da Terra"
(Rua da Ermida, 55-Sendim).

Cumprimentos

Mário Correia

Rui Dias José disse...

Essa questão nem se põe.
Meu caro, claro que havemos de arranjar um bocadinho para passar por lá.
E no post anterior a este (Ala
p'rás Terras de Miranda! (2)
) está lá o link para uma página da At-Tambur
que conta o trabalho do "Sons
da Terra"
.

RDJ

Padre Fontes disse...

Gostei das vossas inciativas de descobrir Portugal. O ALentejo e o Nordeste. Estou aberto ao diálogo para um programa do mesmo calibre no Barroso onde estou como Deus no paraíso terreal e gostaria de dar a saborear aos mais audazes, jornalistsas, e outros que tais curiosos da nosssa identidade. Veja mais dados em padrefontes.com.

Rui Dias José disse...

Padre Fontes,

Esse é um convite aliciante... que o aboletamento em Mourilhe não seria de desprezar...
Já estou de água na boca só de pensar num presunto cozido com uma couves e umas batatas de Montalegre...
Depois trepar essas aldeias no topo das penedias... para rebater.
Fica para um dia destes.

RDJ

AEPGA disse...

A AEPGA - Associação para o Estudo e protecção do gado Asinino - mostra-se disponivel para vos receber na visita ao Centro dos Burros, localizado em Atenor, e possibilidade de se organizar um passeio de burro de curta ou média duração para os visitantes que venham conhecer Miranda.

Para mais informações e definição da actividade, estarei disponivel para vos ajudar.

AEPGA
Miguel Novoa

Rui Dias José disse...

Boa...
Burros já temos...
Só nos falta tempo para os passear...
Vamos ver que volta se poderá dar ao Programa das Festas...
Obrigado Miguel... e vão em frente com o vosso trabalho de preservação da raça asinina mirandesa.

RDJ

PS - Quem passar por estes comentários e quiser ver umas imagens dos "lanudos" (são muito bonitos) poderá passar, alem da página da AEPGA, por Burros Lanudos.

Paulo Meirinhos disse...

Viva, Rui Dias José!!!

Fiquei muito satisfeito ao saber que seremos invadidos por tão ilustre gente!
Cá vos esperamos em Miranda do Douro, se precisardes algo, dizei.
Um grande abraço,

Paulo Meirinhos
(Galandum Galundaina)

Rui Dias José disse...

Lá nos encontraremos... contra ventos e marés...
Até Miranda.

Esteja vossa senhoria descansado que... se precisarmos... não hesitaremos em pedir...!!!

RDJ