15 outubro, 2008

Outono com namoros de vento e promessas de bom vinho, nos socalcos do Douro

Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
Respirar fundo, encher os pulmões e olhar à volta...
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
E o Douro Magnífico, entre serranias esculpidas de socalcos.
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
As margens talhadas no xisto...
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
Apetece beber o rio, beber o sol, beber o vinho, fino, do Porto, generoso.
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
entre pipas, entre nectares...
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
A construção da barragem empurrou-o para a outra margem e obrigou-o à ponte.
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
Passou...!!!
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
Não há como fugir-lhe,
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
Apenas, navegar entre margens... rio abaixo.
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
Onde as varandas se abrem,
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
e o ferro forjado, quase balcão de observação e avistamento.
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
Quando já se anunciam aços de macerar mostos,
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
nos socalcos das encostas,
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
as folhas fazem-se cobre, quase vermelhas de sol.

Com acenos de vento e promessas de bom vinho.
 
Fotos: MLPS (direitos reservados)
Clique sobre elas para ampliar
Pela beira do rio, até São João da Pesqueira.
E depois, trepar a São Salvador do Mundo.
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
Lá em baixo, a barragem da Valeira.
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
Mas... o que é que estes estão a fazer???
Psst! Psst! A paisagem é para o outro lado!
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
ou mirando-se no líquido espelho.
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
Na obscuridade da cave, na autoridade daqueles toneis,
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
É a Ferradosa. Aqui já correu comboio.
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
Passa. Não passa! Vai bater!
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
E... afinal, eram dois: um por cima do outro.
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
nem apetece fugir.
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
Há-de aparecer cais ou ancoradouro.. e havemos de pôr pé em terra lá mais adiante.
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
o xisto é parede de casa,
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
Em ruas para sorver devagar.
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
e se pressentem metálicas pisas da uva,
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
no Outono das Vindimas,
Café Portugal - PASSEIO DE JORNALISTAS em São joão da Pesqueira
 
+ sobre
o PASSEIO DE JORNALISTAS
em São João da Pesqueira

1 comentário:

João Simões disse...

Portugal Profundo - Portugal Moderno: Não é uma dicotomia mas sim as duas faces da mesma moeda. Fotografias da nossa terra e da nossa gente que valem por mil comentários. João Simões